Loading...

quinta-feira, 16 de junho de 2011

GOSTO DE SAUDADE!

Gosto de Saudades


Não sei se saudades tem cor.
Dizem que sim
O que eu sei é que ela tem forma
Tem gosto. Tem cheiro e peso também.
E, acreditem, ela tem asas!
Se não, como nos transportaria
Tantas vezes a lugares
Tão distantes?
E sei ainda que ela se agiganta
Quando mais tentamos
Diminuí-la.
Sei que ela dói de dor
Intensa e sem remédio
Se não fosse ela, não sei se teríamos consciência
Do tamanho da importância
Das pessoas para gente
Porque quando amamos alguém
A saudades já chega por antecipação, sorrateira
Disfarçada de algo que não conseguimos decifrar
É aquela dor fininha
De não sei o que, a angústia boba que nos invade só de imaginar
A separação
E a gente fica meio sem saber
O que fazer
Mas é assim...
É uma dor que gostamos
De sentir, um sabor que
Queremos provar, é algo
Que não sabemos explicar
Mas é quase palpável
É amor disfarçado de muita coisa
São emoções guardadas bem lá no fundo
Saudades... Do que foi
E do que vai ser
Saudades
Que nos acompanha para
Diminuir a solidão
E que nos mostra, sobretudo
Que estamos vivos.
Aprendi ainda que saudades não mata.
É só quase
A gente pensa que vai morrer
Mas sobrevive sempre
Porque ela traz escondidinha nela uma outra coisa
Que chamamos de esperança
Que nos ajuda a caminhar
Porque saudades, como o amor, não é cega
Saudades vê mais além.

DESESPERO!

Desespero



Cheia de saudades, me deito, rolo na cama
Mas o sono não chega...
Sinto falta do teu beijo, do teu cheiro...
No meu peito ficou essa vontade de te querer tanto
Um amor imenso, leva-me ao desespero
Quando mesmo te querendo nego que te quero...
Quando sonho contigo, com teu abraço
Fico confusa, não sei o que faço
Domina-me esse teu olhar
Penetrante e apaixonado...
Essa forma tão tua de amar
Sinto saudades de cada momento,
Cada porção de felicidade
Que vivi ao teu lado.
Daria tudo por um beijo teu agora
Com a face molhada pelas lágrimas
Cheia de saudades, de desejos de
ser amada
Adormeci pensando em TI...

Depois De Uma Lágrima

Depois De Uma Lágrima
O vento traz lembranças
de tudo que por questão de minutos,
foi deixado sem esperanças
Minhas lamentações agora sorriam,
como forma de mostrar pro meu ontem,
o que hoje segue em harmonia…
Ah, se o tempo parasse agora,
pediria para ele não apagar do meu corpo,
a sensação de ser amada, feliz…
Começo a entender esse limitado
espaço em que hoje, além de existir, vivo,
Que pode ser bom,
se alguém te olhar nos olhos
e dizer que é bom,
Se surpreender com o calor de um abraço,
e não com as intenções que vem dele…
Viver é mais do que sonhar
E prova disso,
É estar a beira do abismo hoje,
e ter a certeza que no amanhã
Haverá alguém lhe estendendo as mãos…
o remédio pra dor,
as vezes está dentro da alma
E depois de uma lágrima,
o dia mais uma vez será claro…
Tudo pode surpreender…

COISAS DO CORAÇÂO!

Coisas do Coração


Queria apenas por um momento,
Poder apagar o passado,
Poder estar ao seu lado,
Para dizer que te amo.

Queria apenas por um instante,
Poder tocar a tua face,
Poder ter o teu amor,
Poder sonhar um pouco mais.

Queria apenas por um minuto,
Poder ser um daqueles silêncios,
Que quando menos se espera,
Surpreende de forma irreverente.

Queria apenas por um segundo,
Poder ser parte do teu pensamento,
Poder ser a cada instante,
Uma lembrança constante,
Que não se apaga mais.

Enfim, queria apenas uma chance,
Para ter um momento do teu amor,
Um minuto do teu silêncio, e…
Todos os segundos do teu pensamento!

CHORO PORQUE SINTO SAUDADE!

Choro,
choro porque não te tenho
choro porque você não está aqui comigo
sinto uma coisa muito forte

Não consigo parar de pensar em você,
Toda vez que penso em você
uma lágrima percorre meu rosto
e meu coração insiste em gostar mais e mais de você
tento disfarçar, fingir que não te amo mais,
fingir que não ligo mais para você,
Mas meu coração grita,
ele fala mais alto
Insiste em me fazer te amar

Sei que a distância nos atrapalha
Mas a vida é cheia de obstáculos
Sinto muito, por não estar com você
Sinto muito, pela distância que rompeu nosso namoro, mas nada e nem a distância podera matar o meu amor que sinto por você!!
nada mesmo

E obrigado por existir, no meu coração e na minha vida. Agora que estamos separados, te desejo toda a felicidade do mundo, mesmo que essa pessoa não seja eu, te desejo toda felicidade do mundo. Para você e quem estiver com você, porque quem ama de verdade, só quer ver a felicidade e não apenas para prender!

Obrigado por existir.

CAMINHO PELA NOITE FRIA!

Caminho pela noite fria...

Caminho pela noite fria...
Caminho pela noite fria...

Procuro os cigarros…

as folhas escrevinhadas…

as que estão manchadas…

de saudade e de dor!

Caminho pela noite fria…

Procuro motivos para sorrir...

um bar, uma bebida, uma companhia,

ou quem sabe um fado para ouvir!

Caminho pela noite fria…

e numa esquina… faminto de amor…

penso em ti…

e choro escondido!

As lágrimas surgem

chegam aos meus olhos

para os humedecer…

porque esta noite…

trás lembranças...

que nunca irei esquecer!

AMOR E SAUDADE!

Amor e Saudade


Na encruzilhada silenciosa do destino,

quando as estrelas se multiplicaram,
duas sombras errantes se encontraram.
A primeira falou:
-Nasci de um beijo de luz, sou força, vida,
alma e esplendor....
Trago em mim toda a sede do desejo,
Toda a ânsia do Universo.
Eu sou o Amor!
O Mundo sinto enxágüe em meus pés!
Sou delírio, loucura...
E tu, quem és?
A segunda:
-Eu nasci de uma lágrima.
Sou flama do teu incêndio que devora.
Vivo dos olhos tristes de quem ama,
para os olhos nevoentos de quem chora.
Dizem que vim ao mundo para ser boa,
para dar do meu sangue a quem queira.
Sou a Saudade, a tua companheira,
que punge, que consola e que perdoa...

Na encruzilhada silenciosa do Destino,
as duas sombras comovidas se abraçaram,
e, desde então, o Amor e a Saudade
nunca mais se separaram.